14ª MOSTRA DE TEATRO DE RUA LINO ROJAS SEGUE COM ESPETÁCULOS, DEBATES E OFICINAS ONLINE ATÉ 04/12


02 Dec

Pela primeira vez em formato virtual devido às recomendações da Organização Mundial de Saúde, a Mostra de Teatro de Rua Lino Rojas atinge sua 14ª edição com apresentações online e gratuitas através da plataforma MTR-SP Movimento de Teatro de Rua de São Paulo no YouTube. A programação, iniciada nesta segunda-feira (30), se estende até a próxima sexta-feira, 4 de dezembro.

O tema dessa edição é ‘Cuidar da Outra é Cuidar de Mim’ e reúne 13 propostas virtuais de aulas-espetáculo de grupos de teatro de rua do Estado de São Paulo, além de espaços formativos como oficinas, fóruns, rodas de conversa e de discussão sobre concepções e propostas artísticas que dialogam com a atualidade. Uma retrospectiva fotográfica virtual completa a programação.

As companhias participantes são: Coletiva Vulcânicas, Teatro de Rocokóz, Núcleo Sem Drama Na Cia Da Cabra Orelana, Mamulengo da Folia, Grupo Xingó, Nativos Terra Rasgada, Rosa dos Ventos, Trupe Olho da Rua, Grupo Pombas Urbanas, Cia. Estável, Trupe Lona Preta, Cia Colcha de Retalhos e Bando GolíardXs.

A mostra, uma iniciativa do Movimento de Teatro de Rua de São Paulo (MTR-SP) e Cooperativa Paulista de Teatro, com o copatrocínio da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, contará ainda com a instalação de obras de arte pela cidade: serão quatro cataventos de bambu e ferro, com 4 metros de altura cada, trazendo imagens que recuperam a memória de mostras e lutas do Movimento. Desta forma, reafirma suas raízes na cidade, colorindo as ruas e celebra o árduo trabalho do fazer teatral para além do período da programação.

Queremos transformar as áreas públicas da cidade em campos de fruição e experiência estética, criando espaços onde a rua deixa de ser mero corredor de passagem e torna-se um lugar para troca entre os sujeitos, permitindo, mesmo que por um lapso de tempo, que os cidadãos possam rir, sonhar e serem críticos, interagindo e integrando a arte como parte de suas vidas", antecipa a organização da Mostra, no texto que apresenta esta edição.

Outro objetivo é reintegrá-la ao Calendário da Cidade de São Paulo, reforçando sua vocação em modificar o cotidiano dos que nela vivem e transitam.

Conteúdo formativo – Dentre os conteúdos da Mostra Formativa estão mesas como "Teatro de rua nas fronteiras", que irá traçar o cenário atual em que trabalhadoras e trabalhadores da cultura saem do país para aprimorar sua formação e buscar novos locais de atuação.

E ainda: "Compartilhando Fazeres e Modos de Produção”, com participação das produções das mostras e articuladoras da Rede Brasileira de Teatro de Rua; e “Teatro de rua e suas perspectivas” , um debate sob o olhar feminino com o propósito de discutir soluções para as manifestações culturais de, da e para a rua, em meio a um cenário de desvalorização promovido pelo atual governo.

A Mostra de Teatro de Rua Lino Rojas nasceu em 2006, a partir da necessidade de tornar público os coletivos e artistas que pesquisam a rua como forma de manifestação teatral.

O movimento tem como principal objetivo gerar novas oportunidades para os criadores de Teatro de Rua, ampliando a reflexão e a troca de experiências para o avanço estético e o aperfeiçoamento das linguagens, além da realização de debates e publicação de suas vivências estético-teóricas. Ao longo de 13 edições já atingiu um público indireto estimado em torno de 10 mil pessoas, recebendo grupos do Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Distrito Federal, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Ceará e Pernambuco, entre outros.

Nativos Terra Rasgada - Foto Adriano Sobral


14ª MOSTRA DE TEATRO DE RUA LINO ROJAS
De 30 de novembro a 4 de dezembro
Apresentações no site:
https://www.youtube.com/channel/UCix8B0bYUxXeFvCxg17C6eQ/featured 
Mais informações:
https://www.facebook.com/redebrasileiradeteatroderua

PRÓXIMAS TRANSMISSÕES

"Cuidar da Outra é Cuidar de Mim" - Uma celebração à Selma Bustamante"

2 DE DEZEMBRO, QUARTA-FEIRA 11h - Lançamento de vídeo-históricos:
- Núcleo Sem Drama Na Cia Da Cabra, OrelanaRosa dos Ventos e Trupe Olho da Rua 14h - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Núcleo Sem Drama Na Cia Da Cabra Orelana
16h - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Rosa dos Ventos
18h - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Trupe Olho da Rua

3 DE DEZEMBRO, QUINTA-FEIRA

11h - Lançamento de vídeo-históricos:
- Teatro de Rocokóz, Mamulengo da Folia, Cia. Colcha de Retalhos, Cia. Estável e Trupe Lona Preta. 11h30 - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Teatro de Rocokóz
13h30 - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Mamulengo da Folia
15h - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Cia. Colcha de Retalhos
16h30 - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Cia. Estável
18h - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Trupe Lona Preta

20h - Mesa: Teatro de Rua nas Fronteiras", com Patrícia Caetano, Fran Corona e Camila Peral - Também sob o olhar feminino, uma análise do cenário atual em que trabalhadores e trabalhadoras da cultura saem do país para realizar suas formações culturais e atuar em novas praças e espaços públicos. O enriquecimento da arte brasileira através das fronteiras com outros países é o ponto de partida para a conversa.

4 DE DEZEMBRO, SEXTA-FEIRA 11h - Lançamento de 2 vídeo- históricos:
- Grupo Pombas Urbanas e Bando GolíardXs
11h30 - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Grupo Pombas Urbanas

13h - TRANSMISSÃO AULA-ESPETÁCULO Bando GolíardXs 15h - Um relato sobre os registros e relatos de grupos do teatro de rua, por Alexandre Mate.

17h - ENCERRAMENTO da Mostra
Intervenção “Cata-vento” + Cortejo no Campo Limpo, com integrantes dos 13 grupos participantes;

Coletiva Vulcânicas | Divulgação

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.